FRANCIS LOPES LIBERA DUAS MÚSICAS INÉDITAS


03/11/2014 | Site Francis Lopes

O Garotinho Quente do Forró está de mudança para o Piauí onde vai sediar a Francis Lopes Produções, complexo que inclui Editora, Studio e escritório de shows. Assim como aconteceu quando veio para São Paulo anos atrás, Francis Lopes fez uma música alusiva a esta nova etapa da sua carreira.

“Eu Voltei”, esta é a música que retrata sua volta à terra natal, Francis Lopes faz agradecimento especial a São Paulo. Concomitante a esta canção, lança também a música “O Nordeste Dividido”, releitura da música composta por Braúlio Tavares e Ivanildo Vila Nova.




Eu Voltei
Francis Lopes

Eu voltei, eu voltei
Eu agradeço a Deus por hoje eu está aqui
Eu voltei, eu voltei
Eu vou morar de novo no meu Piauí

Quando eu fui embora pra São Paulo
Nas mãos um montão de calos
E uma vontade de chorar

Foi triste mas eu tive que ir embora
Bem ali naquela hora
Não podia mais ficar

Minha mãe ali ficou chorando
E no bolso eu fui levando 
A oração que pai me deu

Pedindo para Deus me proteger 
Em tudo que eu fosse fazer
E Ele me protegeu

Eu voltei, eu voltei
Eu agradeço a Deus por hoje eu está aqui
Eu voltei, eu voltei
Eu vou morar de novo no meu Piauí

Em São Paulo eu passei muito frio
Foi um grande desafio, maus momentos eu passei
O que mais doía era a saudade da família e da cidade
E de um amor que lá deixei

Sempre na esperança de vencer
De um dia poder dizer
Pai eu voltei pra ficar

Sei que alguns conseguem e outros não
Mas feliz do que tem nas mãos
A chance de poder voltar

Eu voltei, eu voltei
Eu agradeço a Deus por hoje eu está aqui
Eu voltei, eu voltei
Eu vou morar de novo no meu Piauí

Rodei por esse país inteiro
De janeiro a janeiro 
Peguei chuva e serração

Trabalhava duro noite e dia
Mas foi com muita alegria
E amor no coração

São Paulo à você muito obrigado
Por sempre ter me adotado
Como um filho de bem

Hoje eu te agradeço e sou grato
Mas meu Piauí não troco 
Pela terra de ninguém

Eu voltei, eu voltei
Eu agradeço a Deus por hoje eu está aqui
Eu voltei, eu voltei
Eu vou morar de novo no meu Piauí


O Nordeste Independente
Bráulio Tavares / Ivanildo Vila Nova

Já que existe no sul esse conceito
Que o nordeste é ruim, seco e ingrato
Já que existe a separação de fato
É preciso torná-la de direito

Quando um dia qualquer isso for feito
Todos dois vão lucrar imensamente
Se o sul vai ficar indiferente
Ficará o nordeste agradecido

Imagine o Brasil ser divido
E o nordeste ficar independente

Se houver essa tal separação
Através de um acordo ou de um tratado
O Brasil se verá desobrigado
De amparar essa imensa região

E o nordeste será uma nação
Mais vistosa, mais rica e mais contente
Sem ninguém que lhe humilhe e lhe sustente
Sem o pai ou patrão desconhecido

Imagine o Brasil ser divido
E o nordeste ficar independente

Se a partilha ainda for homologada
E o nordeste guiar o seu destino
Mais de oito milhões de nordestinos
Voltarão para a terra idolatrada

Trocarão a garoa e a geada
Pela roça, enxada e o sol quente
Ninguém vai explorar mais nossa gente
Como tem até acontecido

Imagine o Brasil ser dividido
E o nordeste ficar independente

Dividindo a partir de Salvador
O nordeste seria outro país
Vigoroso, leal, rico e feliz
Sem dever a ninguém no exterior

Jangadeiro seria o senador
O cassaco de roça era o suplente
Cantador de viola, o presidente
O vaqueiro era o líder do partido

Imagine o Brasil ser dividido
E o nordeste ficar independente

Paraíba era o centro artesanal
Piauí o setor da criação
Em Sergipe, cultura, tradição
Maranhão o reserva florestal

Na Bahia o distrito Industrial
Alagoas acrícula florescente
Rio Grande o poder militarmente
Ceará pro turismo era escolhido

Imagine o Brasil ser dividido
E o nordeste ficar independente

O Brasil ia ter que importar 
Do nordeste algodão, cana e caju
Carnaúba, laranja e babaçu
Abacaxi e o sal de cozinhar

O arroz, o agave do lugar
A cebola, o petróleo e aguardente
O nordeste é auto-suficiente
Nosso lucro seria garantido

Imagine o Brasil ser dividido
E o nordeste ficar independente

Em Recife, o distrito federal
O idioma ia ser nordestinense
A bandeira de renda cearense
"Asa Branca" era o hino nacional

O folheto era o símbolo oficial
A moeda, o tostão de antigamente
Conselheiro seria o inconfidente
E Lampião o herói inesquecido

Imagine o Brasil ser dividido
E o nordeste ficar independente

Dividir o Brasil sem haver luta
E deixar o nordeste com seus vícios
Mas se ele pagar com sacrifício
Grandes obras reais que não desfruta

Não precisa haver sangue na disputa
Bastaria a separação somente
Pois se fosse escolher o mais valente
Eu já sei qual dos dois era vencido

Imagine o Brasil ser dividido
E o nordeste ficar independente

Talvez tenha gente que proteste
Minha ideia, me chamando de imbecil
Um país chamado de Brasil 
E o outro chamado de nordeste

O Brasil não padeceria a peste
E essa seca que vem constantemente
E o nordeste sem esse seu parente
Ia ser muito mais compreendido

Imagine o Brasil ser dividido
E o nordeste ficar independente

Se o nordeste tivesse outras fronteiras
Talvez fosse tratado com capricho
Sem servir de depósitos para lixo
Das usinas atômicas brasileiras

E a enchente das músicas estrangeiras
Talvez fosse pra outro continente
Se tivesse uma vida diferente
Da que a gente até hoje tem vivido

Imagine o Brasil ser dividido
E o nordeste ficar independente

Se isso aí se tornar realidade
E alguém do Brasil nos visitar
Nesse nosso país vai encontrar
Confiança, respeito e amizade

Tem o pão repartido na metade
Tem o prato na mesa e a cama quente
Brasileiro será irmão da gente
Vem pra cá que será bem recebido

Imagine o Brasil ser dividido
E o nordeste ficar independente

Eu não quero com isso, que vocês
Imaginem que eu tento ser grosseiro
Pois se lembrem que o povo brasileiro
É amigo do povo português

E se um dia a separação se fez
Todos os dois se respeitam no presente
Se isso aí já deu certo antigamente
Nesse exemplo concreto e conhecido

Imagine o Brasil ser dividido
E o nordeste ficar independente

Texto: Site Francis Lopes
http://francislopes.com.br/wp/?p=2122

Imagem: Divulgação / Site Francis Lopes
http://www.francislopes.com.br/wp/wp-content/uploads/2014/11/capa.jpg


COMPARTILHAR:

+1

@francislopesguerreiro

Blogs Parceiros

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *